• banner-1
  • banner-2
  • banner-3
  • banner-4
  • banner-5

A suspensão é o sistema que tem a função de absorver as vibrações e choques das rodas, proporcionando conforto aos ocupantes do veículo e garantindo o contato das rodas com o solo.
Mais importante: é elemento vital para assegurar os níveis pretendidos de estabilidade do veículo, nas freadas, em curvas e em situações onde o veículo é solicitado de forma crítica.
Ela é vital para a segurança ativa do veículo.
Ela é formada por uma série de componentes (amortecedores, molas, bandejas, braços, pivôs, buchas, barra estabilizadora, bieletas, etc), e sofre desgaste natural com o uso, e em caso de falhas, pode prejudicar o desempenho do veículo, que fica mais vulnerável ao fazer curvas, ao trafegar em solos irregulares e outras situações comuns em estradas e ruas do país.
Por isso, é fundamental que o motorista fique atento aos sinais que indicam a necessidade de substituição desses importantes componentes.
Formas de dirigir mais agressivas podem provocar um desgaste maior e prematuro da suspensão.
É diferente passar por buracos e crateras de uma maneira cuidadosa em baixa velocidade do que frear bruscamente ou simplesmente ignorar esses obstáculos sem reduzir a velocidade.

Na maioria dos casos, a substituição do escapamento é recomendada quando ele apresenta problemas como trincas ou furos, devido à fadiga do material ou corrosão.
O problema pode ser percebido pelo aumento do nível de ruído ou das vibrações e batidas no fundo do carro (em função da quebra do escapamento).
Muitas vezes, pode ser necessário substituir apenas uma das peças do escapamento.
Mas antes disso, recomenda-se fazer uma boa análise do conjunto, pois em determinados casos, as outras peças podem estar avariadas, trincadas ou em elevado processo de corrosão.
Se isso não for verificado, em um curto período de tempo estas peças poderão quebrar ou desprender componentes internos, danificando inclusive a peça recém-substituída.

Mecânica em Geral | Cambagem
Cáster | Catalisadores
Amortecedores | Injeção Eletrônica
Rodas | Pneus, Novos e Recauchutados
Limpeza de Bicos Injetores
Higienização de Ar Condicionado
Peças, novas e recondicionadas

O desequilíbrio das rodas e pneus é o principal causador de vibrações no volante, e o veículo como um todo, depende da grandeza do desequilíbrio do conjunto.
Isto é causado pelo fato que o pneu nunca tem uma distribuição de borrachas uniforme em sua circunferência bem como a roda também não tem uma distribuição uniforme, sendo assim o balanceamento é que compensa através de contra pesos (chumbo na roda) o equilíbrio do conjunto em rotação, evitando o desconforto das vibrações e desgaste prematuro dos pneus e componentes da suspensão.

À medida que se utiliza um veículo, a quantidade de contaminantes no óleo vai aumentando.
Como os produtos da combustão são formados continuamente, e, consequentemente, absorvidos pelo óleo, torna-se cada vez mais difícil para o óleo proteger e lubrificar o motor.
Por outro lado, os aditivos, como por exemplo, os que dispersam os materiais formadores de borra e evitam a ferrugem e a corrosão, se esgotam enquanto cumprem suas funções.
Quando esse esgotamento dos aditivos atinge determinado ponto, o óleo não consegue mais fazer o seu trabalho.
Siga as recomendações do Manual do Proprietário do fabricante do seu veículo.
No entanto, cada troca de óleo pode variar de acordo com as condições de uso do veículo.
Se você roda pouco com o seu carro, é recomendável que o óleo seja trocado a cada seis meses.
Mas se você enfrenta constantemente congestionamentos e estradas poeirentas, as trocas devem ser feitas com mais frequência.
Quando o nível do óleo estiver próximo ou abaixo da marca de mínimo da vareta, mesmo se não estiver na data de troca.
Mas cuidado: A reposição constante pode indicar existência de vazamentos ou desgaste excessivo dos componentes móveis do motor.
Uma boa dica é trocar o filtro de óleo sempre que trocar o óleo.
Mesmo que seja utilizado um filtro de qualidade, e limpo, e o mesmo seja eficaz na remoção de abrasivos do óleo, ele não será capaz de filtrar o óleo diluído por combustível, água ou outras fontes de contaminação líquida, que são fatores que contribuem para a degradação do óleo.
O óleo e os filtros (de ar, óleo e combustível) precisam, então, serem trocados em intervalos adequados recomendados pelo manual de seu veículo.
Consulte-o sempre.

Alinhamento de direção é o ajuste da posição das rodas na suspensão para garantir conforto, segurança e estabilidade ao dirigir, evitando que o veículo puxe a direção para um dos lados, e que haja desgaste irregular ou prematuro dos pneus.
Os ângulos são desregulados toda vez que há choques com guias, quedas em buracos, ou lombadas em altas velocidades, dessa forma é recomendável a verificação do alinhamento de rodas, sendo os ajustes feitos sempre de acordo com a determinação do fabricante do veículo.

O sistema de freios, é um dos elementos mais importantes na mecânica dos automóveis, pois trata-se de um componente de segurança.
São projetados, desenhados e dimensionados, com o objetivo de manter a capacidade de desaceleração do veículo consideravelmente maior que sua capacidade de aceleração.
Composto por um disco ou por um tambor, ou ainda pelos dois, o sistema cumpre sua função pressionando as peças contra a roda, impedindo o movimento da mesma.
O primeiro sistema é composto por duas pastilhas, que prendem um disco que acompanha o movimento da roda, enquanto o segundo, através de uma pressão aplicada por lonas colocadas dentro do tambor, faz com que a roda pare.
A maior parte dos carros desenvolvidos atualmente possui um sistema misto, composto por dois discos, à frente, e dois tambores atrás.
Alguns possuem discos nas quatro rodas, o que aumenta significativamente a estabilidade na frenagem.
Um dos principais fatores que ajudam a uma melhor performance dos freios é a utilização de um fluído de lubrificação adequado e a correta manutenção dos discos, pastilhas, lonas e tambores.
O tambor é uma das partes do sistema, responsável pela dissipação por energia térmica, gerada durante a frenagem.
A correta dissipação da energia permite que o sistema não sofra sobreaquecimento e melhora a sua capacidade de realizar tal transformação.

Procurando algo?

Onde Estamos



TROQUESCAP - Serviços Automotivos
Baronesa de Porto Carreiro, 76
Barra Funda-SP
Telefone: 11 3392 5392